Picolé para cachorro: saiba mais como refrescar seu pet no verão

A estação mais quente do ano chegou, e com ela, a preocupação com os nossos pets aumenta. Assim como nós temos meios para nos refrescar, os animais também precisam de ajuda para não passar sufoco nesse verão. Que tal, então, oferecer picolé para cachorro?

A ideia parece estranha, mas é claro que não estamos falando do seu sorvete, e sim de uma receita própria para pet. Tem de frutas e água de coco, mas não é toda fruta que pode ser dada aos bichinhos, viu?

Neste artigo você vai encontrar receitas caseiras de picolé para cachorro e quais as frutas que podem fazer mal ao seu cachorro. Confira!

Frutas tóxicas para cachorros

Antes de indicar as receitas pet de picolé, é importante destacar as frutas que são tóxicas para seu amigo de quatro patas. São elas:

  • Abacate;
  • Carambola;
  • Cerejas;
  • Damasco;
  • Maça;

Enquanto o abacate é tóxico em toda sua estrutura, por conter persina, a maça, damasco e cereja contém cianeto em suas sementes, podendo levar a insuficiência respiratória. Ou seja, tirando as sementes essas três frutas não oferecem perigo. Já a carambola se torna um risco caso o animal sofra de insuficiência renal.

Aprenda a fazer picolé para cachorro

Aqui estão algumas receitas pet de picolé para você refrescar seu animal sem prejudicar sua saúde.

Picolé de banana e morango

Ingredientes:

  • 2 bananas pequenas
  • 1 caixa de morango
  • 1 copo de iogurte natural

Modo de preparo:

Coloque as bananas e morangos cortados junto do iogurte natural no liquidificador. Despeje a mistura em formas, deixe na geladeira até endurecer e o picolé para cachorro estará pronto.

Picolé de manga ou melancia

Ingredientes:

  • 1 melão ou melancia
  • água ou água de coco

Modo de preparo:

Retire as sementes da fruta, corte em pedaços e coloque no liquidificador. Acrescente um pouco de água ou água de coco para que a mistura fique homogênea. Depois de pronta, despeje em forminhas e deixe no congelador.

Os picolés para cachorro devem ser apreciados com moderação. Para complementar e evitar exageros, você pode (e deve) mantê-lo em local fresco, além de trocar sua água.

Essas receitas caseiras de picolé para cachorro também servem para humanos, já que são saudáveis. Aproveite e prepare para o seu pet agora mesmo!